Como melhorar o atendimento dos caixas de super e hipermercados e como motivá-los para que o trabalho seja sempre eficiente?

Avaliação:

(205 Avaliações)

Por Revista SM - 01/12/2008

Fernanda Araújo, Supermercado Espírito Santo, BA, 01/12/2008

Segundo Orlando Pavani Júnior, da Gauss Consultores Associados, para melhorar o atendimento, o supermercadista precisa garantir aos operadores maior autonomia no que diz respeito à solução de problemas do dia-a-dia. Quando um erro ocorre no caixa é comum o operador chamar toda a gerência, porque não sabe como agir ou não tem autorização para tomar determinadas decisões. Isso atrapalha a eficiência do trabalho e faz as filas aumentarem. Outra dica de Pavani júnior é ensinar aos funcionários as técnicas do que ele chama de deferir, ou seja, prometer ao cliente só aquilo que pode cumprir. “Dizer que vai retornar uma ligação em 10 minutos e não fazer pode irritar o cliente”, alerta. Os operadores de caixa também têm a obrigação de conhecer o código de defesa do consumidor. Mostrar ao cliente que a loja está ao seu lado é uma maneira de conquistá-lo. Sobre motivação, o consultor não recomenda as palestras intelectuais e sensibilizadoras. Para ele, a motivação dos funcionários se manifesta de dentro para fora e não de fora para dentro. “A preocupação com isso deve começar na hora da contratação do funcionário. A primeira coisa é informar sobre os valores da empresa. Se o candidato não estiver de acordo, descarte-o, porque será praticamente impossível motivá-lo no dia-a-dia”, explica. Incentivar os funcionários a buscar seus sonhos e fazê-los entender que a empresa pode ser um meio efetivo para essa conquista e, não apenas um lugar para merecer um salário mensal, também é uma forma de motivação.

Gauss Consultores Associados (11) 4220-4950

Comentários

Comentar com:
Publicidade

FAÇA SUA PERGUNTA

Fique a vontade para nos enviar a sua pergunta!

Publicidade